108ª Festa de Nossa Senhora da Conceição recebe autoridades em último dia do Novenário

_DSC5370 Fotos:Ana Paula Valença / Assessoria de Imprensa

Da esquerda para direita – O prefeito eleito do Recife, Geraldo Julio e a esposa Renata Melo, O bispo Dom Genival Saraiva, o governador Eduardo Campos e a Esposa Renata Campos e o padre Roberto França

A Missa do Novenário na véspera do Dia de Nossa Senhora Da Conceição contou com a presença de centenas de fieis e muitas autoridades, entre elas o Governador de Pernambuco Eduardo Campos, além do Prefeito eleito do Recife, Geraldo Júlio.

A Missa foi celebrada por Dom Genival Saraiva, Bispo da Diocese de Palmares, em Pernambuco, e concelebrado pelo Pároco José Roberto França, no palco montado na Praça da Conceição.

Após a celebração, o Prefeito eleito Geraldo Júlio aproveitou o momento para agradecer a confiança que o recifense depositou nas últimas eleições. Já o Governador Eduardo Campos fez uma breve retrospectiva da relação dele com a Festa de Nossa Senhora da Conceição. “Eu subo o Morro há muitos anos, desde criança. Quando pequeno, eu vinha com minha mãe e avó. Depois passei a vir com Renata, minha esposa”.

A fé também foi destacada pela autoridade máxima do Estado. “Já subi o Morro da Conceição em momentos duros, mas sempre com fé. A fé me trouxe tranquilidade e firmeza para seguir meus passos”, concluiu.

Todo o Morro da Conceição já está na expectativa para o ápice da festa, que acontece na tarde deste sábado, Dia da Santa. O grande momento é marcado pela procissão, que esse ano sai do Marco Zero em direção ao Morro pela Avenida Norte. A concentração será a partir das 14h, com saída marcada uma hora depois. Ao fim, o Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, celebra a Missa Solene Concelebração de Encerramento, a partir das 18h.

Liturgia Mariana marcou o penúltimo dia do Novenário

IMAGEM FREI CLAUDIO (ESQUERDA) E PADRE ROBERTO Fotos:Ana Paula Valença / Assessoria de Imprensa

Frei Cláudio (à esquerda) e Padre Roberto França

Nesta quinta-feira (06), foi celebrado o oitavo dia do novenário da popular Festa do Morro da Conceição, que fica localizada no bairro do Morro da Conceição, Zona Norte do Recife, que segue até o próximo sábado, dia 08 de dezembro.

Frei Claudio Simões, da Ordem dos Capuchinhos, celebrou a Missa Solene do dia e falou da importância da figura de Maria: “Há muito que dizer de Maria. Ela é a arca da nova e eterna aliança, que é Jesus. Deus não habitou em nenhuma outra criatura como habitou em Maria, através do seu filho Jesus Cristo. Nós não adoramos Maria, nós amamos Maria”.

A programação cultural ficou a cargo do cantor Zé Vicente e Banda. Ao longo do dia, foram realizadas seis missas: 07h, 09h, 11h, 14h, 16h e 19h (missa solene). Às 17h30 o momento mariano, com a reza do Terço e Ofício.

 

Emoção e fé preenchem as ladeiras do Morro da Conceição na sétima noite do Novenário

IMAGEM PADRE ROBERTO E DOM ANGELO

Fotos:Ana Paula Valença / Assessoria de Imprensa

A noite da última quarta-feira (05) foi repleta de emoções na 108ª Festa de Nossa Senhora da Conceição. Dezenas de fiéis subiram as ladeiras do Morro da Conceição, Zona Norte do Recife, para render graças a Imaculada Conceição.

A missa solene às 19h foi celebrada por Dom Ângelo Pignoli, Bispo da Diocese de Quixadá – CE, que nos fala da emoção ao celebrar uma missa pela primeira vez na Festa do Morro. “Na noite anterior quando cheguei e subi o Morro, vivi coisas surpreendentes que me marcou muito, depois observei esta movimentação toda e visitei um pouco o lugar e o santuário, e agora à noite, sobretudo, vi a igreja lotada e foi emocionante”.

Dom Ângelo completou falando um pouco da importância de Maria para os devotos, “Por que Maria é o sinal mais eminente na igreja a todo cristão, aqui é marcante demais a devoção do povo e também a disponibilidade que o povo vem no sentido de buscar respostas no caminho da vida”.

A programação cultural ficou por conta do Frei Damião que abriu o show com a canção ‘Cenáculo de Amor’, e foi cantada por todos os devotos de Nossa Senhora que aguardavam ansiosos no palco externo o início do louvor.

Durante todo o dia foram celebradas seis missas, às 07h, 09h, 11h, 14h, 16h e 19h e também confissões por padres que acolhem todos os fiéis ao Santuário de Nossa Senhora da Conceição.

Novenário de Nossa Senhora da Conceição chega ao sexto dia

IMAGEM DOM BERNARDINO FRANCISCO DE LUCENA                                                                                                                                                                                                                                                               Fotos: Ana Paula Valença / Assessoria de Comunicação

No sexto dia do Novenário da Imaculada Conceição, dezenas de pessoas subiram ao Morro, que é batizado com o nome da Santa, localizado na Zona Norte do Recife, para render graças e pagar promessas. Popularmente conhecida, Nossa Senhora da Conceição é adotada pelos devotos recifenses como a Padroeira da capital Pernambucana.

Foram celebradas ao todo seis missas ao longo do dia desta terça-feira (04). A última foi a Missa do novenário,celebrada por Dom Bernardino Francisco de Lucena, Bispo da Diocese de Guabiraba-PB, que declarou a emoção em celebrar pela primeira vez na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição. “E uma grande alegria estar aqui no Morro da Conceição celebrando a eucaristia pela primeira vez. Já ouvia falar, vim a Recife várias vezes, mas não tinha chegado até o Morro, esta festa é uma benção de Deus”.

Após a missa solene, a programação cultural prestigiou a comunidade de Casa Amarela, com a apresentação do Movimento Cultural o Morro desce a ladeira.

Quinta dia do Novenário Mariano na Festa do Morro 2012

IMAGEM PARA MIGUEL BATISTA E ROBERTO FRANÇA Fotos: Ana Paula Valença / Assessoria de Comunicação

Padre Miguel Batista (esquerda) junto ao padre José Roberto França

 

Nesta segunda-feira (03) foi celebrado o quinto dia do novenário da 108ª Festa de Nossa Senhora da Conceição, que segue até o próximo sábado, dia 08 de dezembro.

Por motivos particulares, a missa solene que seria celebrada pelo bispo da Diocese de Cajazeiras – PB, Dom José Gonzáles, foi conduzida pelo Vigário Episcopal do Recife Norte Dois, padre Miguel Batista que fala sobre a expectativa rumo ao grande dia da Festa, “O novenário é o grande termômetro da festa. Muita gente vem para celebrar as missas de preparação para a grande procissão. Que todos os fiéis venham com o desejo no coração de servir a Deus com disposição e fervor a exemplo de Nossa Senhora”.

A programação cultural ficou por conta da cantora Cristina Amaral que fez o show de pré-lançamento do cd LUZ, com músicas católicas e participações especiais de convidados ilustres.

Ao longo do dia, foram realizadas seis missas: 07h, 09h, 11h, 14h, 16h e 19h (missa solene). Às 17h30 o momento mariano, com a reza do Terço e Ofício.

Homenageados da Festa do Morro 2012 recebem placas comemorativas em Missa Solene

HOMENAGEADOS                                                                                                                                                                Fotos: Ana Paula Valença / Assessoria de Comunicação

Foi realizada no último domingo (02), missa solene aos homenageados da 108ª Festa de Nossa Senhora da Conceição, que acontece na paróquia do Morro da Conceição, Zona Norte do Recife, e segue até o próximo sábado, dia 08 de dezembro.

A celebração foi presidida pelo pároco do Morro da Conceição, padre José Roberto França, que após a missa entregou aos homenageados as placas comemorativas da Festa do Morro 2012: o Real Hospital Português de Beneficência em Pernambuco, pelos serviços prestados a sociedade pernambucana, representado pelo Senhor Alberto Ferreira da Costa, senhor provedor da Instituição e a Dona Severina Paiva de Santana, Dona Sevi, pela dedicação com a comunidade do Morro da Conceição.

Dona Sevi fala sobre a homenagem: “Agradeço o reconhecimento do padre Roberto pela caminhada de fé de todos nós. Em minha vida não consegui nada sozinha e por isso ofereço e compartilho a homenagem com a minha família e outros irmãos e irmãs da caminhada. Pra mim é uma alegria o reconhecimento, há tempo para tudo é o tempo é esse”,

O Senhor Provedor também expos opinião sobre a homenagem, “Homenagem é gratidão e gratidão é sempre bem vinda. Ficamos satisfeitos da forma que veio através desse Centro religioso bastante reconhecido em Pernambuco. A homenagem é válida, significativa, ficamos gratos ao padre e todos que fazem o Morro da Conceição”.

Durante a cerimônia de entrega das placas, o padre José Roberto França, pároco da Igreja do Morro da Conceição, falou da importância dos dois homenageados da Festa do Morro 2012, “O Real Hospital Português de Beneficência em Pernambuco recebe essa justa homenagem pelos serviços prestados em nossa sociedade”, ressaltou também a outra homenageada, Dona Sevi,“ Pela atenção e carinho por todos nos aqui em nossa comunidade do Morro da Conceição”.

 

 

 

 

 

 

 

 

Homens sobem ao Morro para render graças a virgem da Conceição

_DSC2959                                                                                                                                                                                                        Foto: Ana Paula Valença / Assessoria de Comunicação

Foi com muita emoção que a procissão do Terço dos Homens saiu no dia 01 de dezembro da Paróquia da Harmonia em direção ao Morro da Conceição, ambas situadas no bairro de Casa Amarela, Zona Norte do Recife. Orações e músicas de louvor foram os combustíveis dos fiéis para esta caminhada de muita fé. O rito já se repete pelo oitavo ano consecutivo.

O movimento do Terço dos Homens existe na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição há nove anos, e tem como um de seus coordenadores o Senhor Geraldo Rocha, 60 anos. Ele aproveitou para ressaltar que o terço é um movimento mariano para trazer o homem mais próximo de Deus, e os encontros entre eles são momentos de alimentar o espírito, só assim conseguem superar os momentos difíceis da vida.

Ao cântico de ‘Magnífica’, a procissão chegou ao Mercado de Casa Amarela, onde os comerciantes saíram de suas lojas para saudar o cortejo que seguia em direção as ladeiras do Morro. Padre José Roberto França, pároco da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, acompanhou todo percurso ao lado dos fiéis.

Na ocasião ele aproveitou para ressaltar que a procissão é mais um veículo evangelizador. “O movimento pede para que os homens voltem-se mais para Deus. Sempre foram as mulheres as primeiras evangelizadoras de seus lares e hoje os homens estão engajados em testemunhar a fé que é pessoal e comunitária”.

“Nossa Senhora me dê à mão, cuida do meu coração, da minha vida…” foi cantando estes versos que a dona de casa Águida Rejane da Silva Moura, de 58 anos, casada há 37 com José da Silva Moura Filho, ascendeu a ladeira do Morro. “Sempre que posso acompanho meu marido nos eventos do terço dos homens, e nunca faltei a esta procissão, posso dizer que testemunho milagres acontecer em minha família, o José estava no início de uma depressão e levá-lo a igreja foi à maneira que encontrei para ajudá-lo a sair desta situação”, declara emocionada.

O cortejo foi recebido com aplausos pelas pessoas que já o aguardavam no topo do Morro da Conceição. A imagem da Mãe Rainha foi levada ao palco externo onde aconteceu a missa campal celebrada pelo Bispo emérito da diocese de Nazaré-PE, Dom Jorge Tobias, e concelebrada pelo Padre José Roberto França. Dom Tobias falou da importância dos 500 voluntários na festa

“As equipes tem uma responsabilidade importante para que esta festa seja um evento catequético”, declara.

A terceira noite da Festa de Nossa senhora da Conceição que este ano traz como tema, ‘Maria, conforto e esperança do povo de Deus’, encerrou os festejos com a programação cultural da noite: a apresentação do Ministério de Música Ágape.

 

Festa de Nossa Senhora da Conceição celebra o segundo dia do Novenário Mariano

_DSC2881                                                                                                                                                                                                Fotos: Ana Paula Valença / Assessoria de Comunicação

Sexta-feira passada (30) foi o segundo dia da Festa do Morro 2012 e que marcou o início do Novenário, que seguirá até o próximo sábado, dia 08 de dezembro.

A missa solene que celebrada pelo bispo da Diocese de Petrolina (PE), Dom Manuel dos Reis e teve como noiteiros a Paróquia Santa Isabel. A programação cultural ficou com o Ministério de Música da Comunidade Boa Nova.

Ao longo do dia, foram realizadas seis missas: 07h, 09h, 11h, 14h, 16h e 19h (missa solene). Às 17h30 o momento mariano, com a reza do Terço e Ofício.

Procissão da bandeira dá início a esperada Festa de Nossa Senhora da Conceição

_DSC2126Fotos:Ana Paula Valença / Assessoria de Imprensa

Milhares de fieis vestiram azul e branco na tarde desta quinta (29) e acompanharam a tradicional Procissão da Bandeira, que dá início ao novenário de Nossa Senhora da Conceição. A concentração aconteceu no Sítio Trindade e um verdadeiro mar de pessoas tomou conta das ruas do bairro de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. A caminhada seguiu pela Estrada do Arraial até a Rua Padre Lemos e Rua Pedro Allain, culminando com a subida do Morro da Conceição pela Rua Itaquatiara.

Bandeiras, anjos, padres, seminaristas e fieis foram acompanhados no momento de devoção por moradores das ruas por onde a procissão passava e das adjacências. Essa é uma verdadeira tradição, como acredita a comerciante Marlene Araújo, de 50 anos. “Eu acompanho a Procissão da Bandeira há muitos anos e parece que minha fé aumenta com o passar do tempo, fora que é legal participar de algo que já faz parte da nossa cultura religiosa”.

Além dela, o motoboy Rafael Donato, de 25 anos, também acompanhou a abertura da Festa com muita fé, por causa de uma graça alcançada esse ano. “Eu sofri um acidente de moto e quase amputei uma perna, mas pedi a Nossa Senhora da Conceição que não permitisse isso a um homem com minha idade. Quero trabalhar e foi fundamental minha fé durante a recuperação. Hoje estou aqui, caminhando e agradecendo”, falou emocionado.

A chegada ao Morro da Conceição não poderia ser diferente. Muitos fieis já esperavam pelo andor, que foi criado e produzido pelo auxiliar administrativo José Carlos Nobre e pelo cabeleireiro Silvio . Mas a dupla afirma que o trabalho não é apenas deles. “Na verdade é uma equipe que se empenha ao máximo para deixar o andor cada ano mais lindo. Marceneiros, o pessoal das flores, montadores”, esclarece José Carlos.

Centenas de pessoas já aguardavam a chegada da procissão e, emocionadas, acompanharam a missa campal presidida pelo Bispo da Diocese de Penedo (AL), Dom Valério Breda e concelebrada pelo pároco Padre Roberto França. Para Dom Valério, “falar de Nossa Senhora é sempre muito aprazível, porque é falar da Mãe do Senhor Jesus Cristo. Entregamos nossas angústias nas mãos poderosas Dela, que sempre intercede por nós”.

Para encerrar a grande noite, o grupo Ministério Adoradores animou os fieis com show religioso. O grupo tem formação há quatro anos e oito integrantes. Há três anos eles participam da festa. Tiago Nascimento é um dos integrantes da banda e ele ressaltou que “A festa a cada ano tem uma coisa nova, uma experiência diferente e adoramos participar”.

E mais uma Festa do Morro começa, trazendo fé, esperança e devoção. Serão 55 missas celebradas até o dia 8 de dezembro, data que se comemora o dia da Santa. A procissão de encerramento, esse ano, sai às 15h do Marco Zero em direção ao Morro da Conceição ao longo da extensão da Avenida Norte Miguel Arraes de Alencar. São 8 km de caminhada e por isso recomenda-se roupa confortável, água, protetor solar e muita disposição. A missa solene será celebrada pelo Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, às 18h.

Rádio Olinda recebe personalidades que fazem parte da 108ª edição da Festa de Nossa Senhora da Conceição

IMAGEM RÁDIO OLINDA Fotos: Simone Oliveira / Assessoria de Comunicação.                                                                                                                                 Da esquerda para direita: o comunicador Ciro Bezerra, as homenageadas da Festa do Morro 2012: Dona Sevi e  Dona Laura (RHP), e o pároco da Igreja do Morro,Padre José Roberto França.

Em entrevista realizada na manhã desta quarta-feira (28), no estúdio da Rádio Olinda, o comunicador Ciro Bezerra, do Programa De Olho na Cidade, recebeu o padre José Roberto França, pároco da Igreja do Morro da Conceição e os  homenageados da Festa deste ano: a senhora Severina Paiva de Santana, a Dona Sevi, – moradora da comunidade e que lançou o livro ‘Aos pés da Santa, a História de um Povo”, em um evento realizado no último dia 21 e O Real Hospital Português de Beneficência em Pernambuco, representado pela senhora Laura Areias, diretora de comunicação da Instituição.

Durante a entrevista, o padre Roberto falou sobre a expectativa um dia antes da Procissão de Abertura “A concentração será no Sitio da Trindade, com previsão de saída às 18h. Esperamos receber um número cada vez maior de fiéis, assim como acontece a cada ano”, afirma.

O pároco ressaltou também a ação social e o gesto concreto da festa este ano, que será a arrecadação de donativos para os as vítimas da seca no interior de Pernambuco.

Em outro momento da entrevista, Dona Sevi, fez uma breve explanação da obra “O livro traz histórias interessantes de pessoas que chegam ao Morro da Conceição em busca da Mãe de Jesus. Maria é o primeiro sacrário de graças.” Afirma a célebre moradora do Morro da Conceição.

Falou também a quem dedica à homenagem prestada a ela “Esta homenagem é nossa. Ofereço a minha família, a todos os moradores e amigos do bairro do Morro. A minha alegria é a alegria dos meus irmãos”.

Já a senhora Laura Areias, declarou a emoção e a alegria da homenagem “É uma honra para a Instituição receber essa homenagem, estamos muito felizes pela lembrança”. E fechando com chave de ouro a entrevista, a diretora encerra o pensamento com a frase do escritor Fernando Pessoa “Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.” Entre risos.

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.